O mundo vive atualmente um cenário de incertezas em decorrência do Coronavírus. Para países como o Brasil, que possuem problemas graves no que tange à garantia do direito à segurança por parte e dever do Estado, a atenção e tensão são ainda maiores. Questões relacionadas às intersecções do racismo, do machismo, do sexismo, da lgtbfobia, bem como com as desigualdades sociais e econômicas que ocorrem diariamente, a partir de uma lógica punitivista, poderão se agravar no contexto de pandemia.

Por isso, a campanha Drogas na 40Tena destaca que, em uma sociedade que criminaliza o consumo de drogas, em especial para pessoas negras e pobres, se faz urgente que as pessoas que fazem uso de substâncias psicoativas percebam os possíveis riscos da pandemia no que tange aos aspectos de segurança, como a perda de liberdades individuais e o retrocesso em direitos conquistados. Assim como a possibilidade de um aumento nos casos de violência, opressão e repressão.

Os impactos e desdobramentos dos problemas socioeconômicos já existentes e dos que ainda estão por vir em decorrência do Coronavírus podem influenciar, durante e após este período pandêmico, a relação de toda a população com os espaços públicos e privados, bem como nas suas relações pessoais cotidianas dentro dos seus lares. 

Assim como a Iniciativa Negra por uma Nova Política sobre Drogas (INNPD) e a Plataforma Brasileira de Políticas de Drogas (PBPD), diversas redes, organizações, grupos e coletivos estão se mobilizando para minimizar os danos causados pelo coronavírus e suas consequências sociais no que tange à segurança pública durante a quarentena. Elencamos algumas: 

RJ

Campanha COVID 19 nas favelas

financiamento unificado para contribuir com seis favelas que já tinham colocado iniciativas de solidariedade na rua.

RJ

RAPP - REDE DE APOIO JURÍDICO ÀS PERIFERIAS

Plantão para atendimento remoto em caso de violação de direitos humanos quando de operações policiais: Plantão: 21. 97125- 3952

Close Bitnami banner
Bitnami